Ações de bancos têm forte queda na Europa

Papéis do ING Groep e do Société Générale perdiam mais de 7%

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

25 de maio de 2010 | 09h45

As ações do banco Santander e de outros bancos europeus, incluindo os irlandeses, operam

fortemente pressionados, com investidores bastantes nervosos e incertos quanto ao segmento na Europa, que já paga mais caro para financiar suas operações diárias, e quanto ao setor bancário espanhol, que começa a se consolidar.

 

Às 9h38 (de Brasília), as ações do Santander caíam 5,16%, as do BBVA perdiam 5,44% e as do Banco Popular recuavam 5,75%. Em Londres, os papéis do banco irlandês Allied Irish Banks despencava 15%.

 

Os papéis do ING Groep e do Société Générale perdiam mais de 7%.

 

Ontem, quatro instituições de poupança assinaram um protocolo que será submetido ao governo para fusão de suas operações, mas as instituições manterão suas marcas e imagens corporativas. O anúncio foi feito dois dias após o banco central da Espanha ter anunciado a intervenção na instituição de poupança CajaSur depois que esta não conseguiu chegar a um acordo para se fundir com a Unicaja.

Tudo o que sabemos sobre:
santanderbbvaingallied

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.