Ações do BB estão entre as maiores quedas do Ibovespa

As ações ordinárias do Banco do Brasil (BB) figuravam entre as maiores quedas do índice Bovespa (Ibovespa) às 11h42, com baixa de 0,58%, seguindo na direção contrária da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), que apresentava alta de 0,95%, aos 65.690,55 pontos. Esta manhã, a instituição anunciou que está finalizando estudos para aumentar seu capital social em, no mínimo, R$ 8 bilhões e, no máximo, R$ 10 bilhões. O objetivo, segundo o banco, é "sustentar o crescimento futuro da instituição financeira, preservado o controle acionário da União."

FABIANA HOLTZ, Agencia Estado

28 Janeiro 2010 | 12h01

A capitalização também melhora o índice de Basileia, que mede a capacidade de financiamento da instituição. A relação entre patrimônio e crédito nos bancos, de acordo com as normas do Banco Central, deve ser de, no mínimo, 11%. A expectativa do mercado é de que o BB feche o ano de 2009 com um índice de 13,9%.

Segundo o BB, o Tesouro Nacional e o BNDESPar estão concluindo levantamentos para viabilizar o alcance do porcentual mínimo de 25% de ações em circulação (free float), com a venda de pelo menos 5% das ações do banco.

Além do BB, entre as maiores baixas do índice estão empresas do setor de energia, como Copel PNB (queda de 1%), Light ON (declínio de 0,92%), Cesp PNB (recuo de 0,89%), Eletrobrás PNB (baixa de 0,74%) e Cemig PN (declínio de 0,16%).

Mais conteúdo sobre:
ações, BB, Ibovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.