Ações estão em baixa em NY, com queda na indústria

Os principais índices de ações do mercado norte-americano oscilam em ligeira baixa em Nova York, com o dado abaixo das expectativas do índice de atividade industrial da Associação dos Gerentes de Compras de Chicago (NAPM, na sigla em inglês) esfriando o entusiasmo dos investidores, segundo operadores e analistas. O NAPM informou que seu índice de atividade industrial regional de junho caiu para 56,5, de 61,5 em maio e de uma expectativa de queda para 59,0 dos economistas. O dado reacendeu os temores da possibilidade da economia dos EUA enfrentar o pior cenário de desaceleração econômica acompanhada de preços elevados. Contudo, entre as blue chips (empresas com ações de primeira linha), as ações da General Motors estão subindo mais de 9% em reação às notícias de que o investidor Kirk Kerkorian está exortando a direção da montadora a considerar uma aliança com as rivais estrangeiras Renault e Nissan. Faltando cerca de meia hora para o fechamento do mercado, o Dow Jones está caminhando para fechar o trimestre com um ganho de cerca de 0,8%, já o Nasdaq deve fechar o trimestre com uma perda de 7%, o que representaria o pior desempenho para o segundo trimestre desde 2002, quando caiu 20,7%. Às 16h38 (de Brasília), o índice Dow Jones recuava 5 pontos (0,04%), o Nasdaq caía 2 pontos (0,10%) e o S&P caía 0,32 ponto (0,03%). As informações são da Dow Jones.

Agencia Estado,

30 de junho de 2006 | 16h45

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.