Ações negociadas no Golfo Pérsico têm rali após forte alta do petróleo

As ações negociadas no Golfo Pérsico tiveram forte alta neste domingo, ampliando os ganhos vistos no fim da semana passada, com a demanda dos investidores ainda aquecida após a forte desvalorização dos papéis causada pela drástica queda recente nos preços do petróleo.

Estadão Conteúdo

21 Dezembro 2014 | 14h17

Desde junho, o petróleo acumula perdas de quase 50% em meio à avaliação de que a oferta da commodity é excessiva e que a demanda está fraca. Na sexta-feira, porém, os futuros de petróleo tiveram o maior avanço porcentual em mais de dois anos, enquanto os participantes dos mercados em Londres e Nova York tentavam determinar se a commodity já atingiu seu valor mínimo.

Os investidores também estão otimistas que os países da região irão expandir seus orçamentos, apesar da queda na receita vinda do petróleo.

O mercado de Dubai liderou os ganhos regionais hoje: o índice DFM saltou quase 10%, a 3.765,35 pontos, após avançar 13% no pregão anterior. Na quarta-feira, o DFM acumulava perdas de 35% desde meados de novembro. Em Abu Dabi, o ganho foi de 3,5%, a 4.516,65 pontos, enquanto em Doha, o principal índice acionário subiu 7,6%, a 12.029,59 pontos.

Na Arábia Saudita, que tem o maior mercado do Oriente Médio, o índice local teve alta de 2,5%, a 8.525,39 pontos, ampliando para 16% a valorização das três últimas sessões. Fonte: Dow Jones Newswires.

Mais conteúdo sobre:
mundoaçõesGolfo Pérsico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.