Ações se firmam em alta em NY com ajuda do petróleo

A acentuada queda de mais de US$ 2,00 dos futuros de petróleo em Nova York ajudou a reduzir as preocupações de Wall Street sobre as decepcionantes projeções de vendas de outubro da Wal-Mart Stores, permitindo que os principais índices de ações se firmem em alta, segundo operadores e analistas. O avanço das ações do setor de tecnologia também está dando suporte ao restante do mercado. O índice das ações do setor de semicondutores registra uma firme alta de 1,49%, refletindo a elevação da recomendação da KLA-Tencor - fabricante de equipamentos para semicondutores - por uma broker. Outras áreas do setor de tecnologia também registram ganhos, como internet (0,33%), redes (0,85%) e hardware (1,18%). Por volta das 17 horas, as ações da Wal-Mart caíam 2,31%. Às 17h05 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 18 pontos, ou 0,15%, o Nasdaq avançava 17 pontos, ou 0,73%, e o S&P-500 registrava uma alta de 2 pontos, ou 0,20%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.