Ações seguem em baixa em NY com alta do petróleo

Os principais índices de ações do mercado norte-americano seguem em baixa, com os investidores ponderando os recentes ganhos em meio a poucos eventos para proporcionar uma direção para as transações, exceto a alta do petróleo para acima de US$ 61,00 por barril e uma decisão judicial determinando que a Microsoft Corp deve pagar US$ 1,5 bilhão para a Alcatel-Lucent para resolver uma disputa de patente. Esta tarde as ações da Microsoft recuavam 1,50%. "Não há muito acontecendo", disse o economista-chefe de mercado da Avalon Partners, Peter Cardillo. "Mas os investidores estão mostrando sinais de stress e fadiga e eles estão tentando realizar lucro conforme ficam mais preocupados com relação ao mercado estar em níveis elevados", acrescentou. "O petróleo voltou a subir acima de US$ 61,00 (por barril), o ouro está batendo nos US$ 700,00 (por onça-troy) com a tensão política começando a aumentar e temos uma longa lista de indicadores econômicos na próxima semana", disse Cardillo. Às 17h51 (de Brasília), o índice Dow Jones recuava 33 pontos, ou 0,26%, o Nasdaq caía 7 pontos, ou 0,31%, e o S&P-500 registrava queda de 4 pontos, ou 0,31%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.