ADRs brasileiros negociados em Nova York têm leve queda

Destaque de baixa foram recibos da Embraer, que recuaram 3,05%

Álvaro Campos, da Agência Estado,

20 de agosto de 2010 | 18h28

A maioria dos ADRs brasileiros negociados em Nova York fechou em leve queda, acompanhando as bolsas norte-americanas, que foram influenciadas pelos persistentes receios sobre uma desaceleração na economia global. O índice Dow Jones Brazil Titans 20 recuou 109,53 pontos (0,34%), a 32.237,63 pontos.

 

No campo negativo, o destaque foram os ADRs da Embraer, que perderam 3,05%, a US$ 25,44. A Oi (ex-Telemar) teve queda de 2,14%, a US$ 14,15. A Sabesp recuou 1,39%, a US$ 40,43.

 

A Ambev teve queda de 0,57%, a US$ 93,58 nos papéis ON; a Ambev PN recuou 0,59%, a US$ 110,02. Hoje a empresa anunciou que iniciou uma negociação para unir seus negócios na Venezuela com a Cerveceria Regional. Segundo comunicado da Ambev, a operação criará um competidor mais forte e dinâmico no país, que é o segundo maior mercado consumidor de cerveja da América do Sul.

 

Entre as empresas que conseguiram fechar com ganhos, o setor de energia teve um dos melhores desempenhos. A CPFL Energia subiu 3,48%, a US$ 72,47. A Copel registrou alta de 0,09%, a US$ 23,21. A Cemig PN teve alta de 3,21%, a US$ 15,09. Segundo o site da New York Stock Exchange (Nyse), hoje não houve negociação com os papéis ON da empresa.

 

A Eletrobrás ON subiu 1,66%, a US$ 15,27; os recibos PN da empresa avançaram 2,13%, a US$ 12,94. Segundo o contador da companhia, João Vicente Torres, a lei nº 12.111/09, que regulamentou o serviço de energia nos sistemas isolados, teve um impacto positivo de R$ 900 milhões no resultado do primeiro semestre de 2010, ao reduzir as despesas.

 

No grupo dos ADRs que mais pesam na composição do índice, a Petrobras ON teve queda de 0,35%, a US$ 34,42; os recibos PN da estatal subiram 0,03%, a US$ 30,59. A Vale ON caiu 1,61%, a US$ 28,16; a Vale PN recuou 1,40%, a US$ 24,68. O Itaú Unibanco registrou leve valorização de 0,19%, a US$ 21,40.

 

O índice Dow Jones Brazil Titans inclui as 20 ações de empresas brasileiras de maior liquidez e capitalização de mercado negociadas na bolsa norte-americana. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ADRsaçõesbolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.