ADRs negociados em NY fecham estáveis

Os recibos de ações de empresas estrangeiras negociados em Nova York fecharam estáveis. O índice de ADRs do Bank of New York ficou inalterado em 147,62 pontos.

Renato Martins, da Agência Estado ,

25 de abril de 2011 | 18h05

O índice de ADRs europeus subiu 0,1%, para 136,72 pontos. Entre os destaques estava a indústria farmacêutica francesa Sanofi-Aventis, com alta de 0,9%, depois de a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) aprovar a vacina conjugada Menactra, contra meningite, para crianças a partir dos nove meses de idade. Os ADRs da empresa de telefonia celular turca Turkcell Illetisim Hizmetleri caíram 2,6% depois de a assembleia de acionistas rejeitar uma proposta de distribuição de dividendos.

O índice de ADRs asiáticos recuou 0,1%, para 140,57. Os ADRs de empresas chinesas caíram, depois de nova elevação da exigência de reservas bancárias (depósito compulsório) pelo Banco do Povo da China (PBoC). Os da China Life Insurance Co. caíram 1,3%, em reação a seu informe de resultados. Os da operadora japonesa de telefonia celular japonesa NTT DoCoMo recuaram 1,9%.

O índice de ADRs latino-americanos caiu 0,4%, para 429,49 pontos. Os ADRs da mexicana América Móvil caíram 0,4%, depois de as autoridades antitruste do México anunciarem a imposição de uma multa de 11,99 bilhões de pesos (US$ 1 bilhão) à empresa, por práticas irregulares contra concorrentes. O índice Brazil Titans fechou em queda de 121,88 pontos (0,32%), em 38.208,38 pontos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
ADRsíndice

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.