AES Eletropaulo vai pagar CDI mais juros de até 1,25% por debênture

Empresa está disposta a pagar variação máxima de 1,25% ao ano

Agência Estado,

31 de março de 2010 | 09h41

A AES Eletropaulo, empresa do grupo AES Brasil, anunciou hoje as condições da oferta de R$ 400 milhões em debêntures que planeja fazer. Os papéis terão prazo de quatro anos. A remuneração será a variação média do Certificado de Depósito Interbancário (CDI) acrescido de uma taxa que será definida em bookbuilding, dia 16 de abril. A empresa está disposta a pagar variação máxima de 1,25% ao ano.

 

A apresentação da oferta pública para investidores institucionais começa hoje e vai até o dia 8 de abril.

 

Os recursos captados pela AES Eletropaulo serão usados pela empresa para pagar uma dívida em reais equivalente a R$ 474,060 milhões, que vence em 28 de junho de 2010. Essa dívida é referente a uma emissão de bônus da empresa no mercado externo feita em junho de 2005. A emissão deve ser liquidada em 5 de maio. Cada papel tem valor de R$ 1.000,00.

 

A Moody's atribuiu rating "Aa2.br" para a emissão. A Standard and Poor's deu nota "brAA" e a Fitch, "A(bra)". O BTG Pactual é o coordenador líder.

Tudo o que sabemos sobre:
AES Eletropaulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.