Agência Estado lança sistema de empréstimo de ações

A Agência Estado lança o sistema Empréstimo de Ações voltado a pessoas jurídicas que operem nos mercados de renda variável, como corretoras, distribuidoras de títulos e valores mobiliários, bancos, fundos de investimento e de pensão. O objetivo é auxiliar o mercado acionário, carente de uma ferramenta gerencial, e incentivá-lo ao aluguel de ações de forma clara, precisa e consolidada. "Esse sistema gerencia as operações de aluguel de ações, além de controlar as posições acionárias e proventos", explica Rodrigo Bolton, gerente geral de Produtos e Mercados da Agência Estado. O Empréstimo de Ações possibilita, ainda, a criação de relatórios de movimentação e financeiros de empréstimos, cartas de confirmação, papel e vencimento. A ferramenta busca a junção das operações com o back office das instituições. Os benefícios do novo programa são o controle de antecipação de liquidação de empréstimos, atualização diária com cálculo do Imposto de Renda por tipo de pessoa e "boletagem" com simulação das operações de tomador e cedente antes de cadastrar a operação. O grande diferencial é que o cliente tem a opção de acessar o sistema via internet, pelo browser, além da possibilidade de integração com a API da CBLC. "É uma ferramenta traz agilidade, praticidade e economia para os profissionais de renda variável", completa Bolton. Mais informações: Central de Atendimento Agência Estado Telefone: 0800 016 1313.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.