Ágora eleva estimativas e reitera compra de ações de Usiminas e CSN

Apoiada nos resultados do primeiro trimestre, nas novas premissas macroeconômicas e nos preços mais elevados dos aços planos, a corretora Ágora revisou para cima suas estimativas para a Usiminas e a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN). A corretora reforçou sua recomendação de compra para os papéis das duas empresas, com preço-alvo (para 12 meses) de R$ 105,44 para a primeira e de R$ R$ 89,23 para a segunda,que representam potenciais de valorização de 39,7% e 26,6%, respectivamente. Em relatório divulgado esta semana, a analista Cristiane Viana destaca que estima um FCF Yield (geração de caixa livre sobre valor de mercado) de 12,6% para a Usiminas em 2006, um dos mais elevados entre as empresas brasileiras. "O cenário positivo para o setor siderúrgico (preço e demanda em alta), deve se traduzir em incremento consistente dos seus resultados a partir do segundo trimestre de 2006", explica. O documento destaca que a empresa é a única produtora de chapas grossas no Brasil, cujo consumo deverá ser impulsionado com a retomada dos investimentos em gasodutos no País. A corretora informa também que a companhia é a maior fornecedora de aço para a indústria automobilística brasileira (com participação de mercado de 57%), se beneficiando do cenário positivo para este segmento. "A Usiminas continua inserida tanto na nossa lista de top picks (melhores escolhas) quanto na nossa carteira recomendada, sendo nossa principal opção de investimento no setor siderúrgico", informa. Em relação à CSN, a corretora lembra que a empresa é integrada (mina-usina-ferrovia-porto), o que a classifica como um ativo estratégico no processo de consolidação do setor siderúrgico mundial. Além disso, a CSN é beneficiada pelo atual cenário positivo do setor, com preço e demanda em alta. "Acreditamos que, com a efetivação dos investimentos em minério de ferro, a CSN poderá negociar com múltiplos mais semelhantes aos dos ativos minerais", afirma a Ágora.

Agencia Estado,

02 de agosto de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
ações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.