Agra Empreendimentos Imobiliários abrirá capital

A Agra Empreendimentos Imobiliários solicitou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorização para abrir seu capital. A companhia deseja se listar no Novo Mercado da Bovespa. O dinheiro levantado com a oferta primária será destinado para a compra de terrenos, lançamento de novos projetos e possíveis aquisições estratégicas de empresas com atividades relacionadas ao setor imobiliários. Os acionistas vendedores são a Cyrela e outros seis, que fazem parte do bloco de controle: Mario de Castro, Luiz Roberto Pinto, Ricardo Setton, Didier Klotz, Fernando Albuquerque e Astério Safatle. Neste ano, a empresa formou um acordo de acionistas que definiu seu controle O coordenador líder da operação é o Credit Suisse e 10% dos papéis deverão ser destinados para o varejo. No prospecto preliminar, a Agra se define como "uma das maiores empresas do setor imobiliário no Brasil, com foco exclusivo na atividade de incorporação". A atuação da empresa se destaca no segmento residencial, com empreendimentos voltados às classes média alta e média.

Agencia Estado,

06 de março de 2007 | 07h00

Mais conteúdo sobre:
ações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.