AIA recebe autorização para IPO em Hong Kong

Oferta pública inicial de ações da principal unidade na Ásia do American International Group pode chegar aUS$ 15 bilhões

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

21 de setembro de 2010 | 15h50

A AIA Group, principal unidade na Ásia do American International Group (AIG), recebeu aprovação para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de US$ 10 bilhões a US$ 15 bilhões em Hong Kong, afirmou uma fonte familiarizada com o assunto. A autorização abre caminho para o que pode ser tornar o segundo maior IPO do mundo neste ano.

Os recursos levantados na oferta serão utilizados para ajudar a compensar contribuintes norte-americanos. A AIG é controlada majoritariamente pelo governo dos EUA, após ter recebido um pacote de socorro dois anos atrás.

O IPO está previsto para ser realizado no dia 29 de outubro, disse a fonte, acrescentando que a pré-comercialização da oferta será iniciada em 27 de setembro e o road show, em 6 de outubro.

Uma outra fonte familiarizada com o assunto afirmou que a AIG está estudando vender até 50% da AIA, mas nenhuma decisão foi tomada ainda.

A oferta será precificada no dia 21 de outubro, disse uma das fontes.

O IPO da AIA ocorre poucos meses após o Agricultural Bank of China (AgBank) levantar um total de US$ 22,1 bilhões com duas ofertas, realizadas em Hong Kong e Xangai, no maior IPO da história. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IPOAIGAIAaçãobolsaHong Kong

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.