Aliansce tem alta de 8,6% nos aluguéis 'mesmas lojas'

A variação dos aluguéis mesmas lojas (SSR) da Aliansce alcançou 8,6% no segundo trimestre deste ano. Os shoppings do portfólio da empresa com maior exposição à classe média, que totalizam seis, apresentaram crescimento de SSR de 10,5% no segundo trimestre deste ano.

KARIN SATO, Agência Estado

21 de julho de 2014 | 20h09

Os aluguéis mesmas áreas (SAR) também cresceram 8,6% no segundo trimestre de 2014.

O nível de inadimplência líquida atingiu 3,4% no período de abril a junho. O indicador registrou aumento de 1,0 p.p. em relação a igual período de 2013.

A taxa de ocupação da empresa chegou a 97,1% no segundo trimestre do ano, 0,3 p.p. inferior ao apresentado no primeiro trimestre deste ano e 0,1 p.p. abaixo do segundo trimestre de 2013.

"A taxa de ocupação foi impactada pela saída de uma âncora com 1,8 mil m? do Shopping Iguatemi Salvador. Essa área será substituída por duas megalojas e uma área de serviço", explica a empresa. A expectativa da Aliansce é obter um aluguel mais elevado por metro quadrado para esta área. "Excluindo o efeito desta operação, a taxa de ocupação da companhia seria de 97,3%", acrescenta.

Tudo o que sabemos sobre:
Alianscealuguéis mesmas lojas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.