Anatel mantém leilão de WiMAX em 18 de setembro

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) negou os pedidos de reconsideração feitos por concessionárias de telefonia fixa e manteve para o dia 18 de setembro o leilão das freqüências para exploração de serviços de banda larga sem fio WiMAX. A manutenção da licitação foi confirmada hoje pelo conselheiro da Anatel Pedro Jaime Ziller. Também foi mantida para a próxima segunda-feira, dia 4 de setembro, a entrega das propostas para as empresas interessadas em participar do leilão. Os pedidos de reconsideração e impugnação foram feitos pelas empresas Sercomtel, Brasil Telecom, CTBC Telecom, Telemar e Associação Brasileira de Concessionárias de Serviço Telefônico Fixo Comutado (Abrafix).As empresas queriam ter o direito de concorrer às licenças da WiMAX também nas áreas onde já atuam na telefonia fixa, o que está proibido no edital. Ziller disse que as alegações das empresas não apresentam fundamentação suficiente para mudar o edital. O Conselho Diretor da Anatel negou os pedidos por 3 votos: Pedro Jaime Ziller, Plínio de Aguiar Júnior e Luiz Alberto da Silva. O ministro das Comunicações, Hélio Costa, também havia pedido anteriormente para adiar a licitação, o que já havia sido negado pelo Conselho da Anatel. As concessionárias já disseram que pretendem recorrer à Justiça.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.