Anbima conversa com governo para ter fundo de liquidez

O presidente da Anbima, Marcelo Giufrida, afirmou que a entidade está conversando com o governo para que seja criado um Fundo de Apoio à Liquidez (FAL), com o objetivo de estimular o mercado secundário de renda fixa. O FAL funcionaria como um "market maker", que teria recursos originais do BNDES e de depósitos compulsórios dos bancos que estão no Banco Central. A Anbima quer que este fundo de liquidez trabalhe apenas com títulos emitidos no Novo Mercado de Renda Fixa. Ele fez os comentários em seminário promovido pela Febraban e pelo BNDES.

RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

27 de outubro de 2011 | 16h54

A Anbima trabalha com a meta de que o FAL passaria a funcionar no final deste ano ou no início de 2012. A gestão deste fundo seria privada. Tanto a direção da Anbima quanto o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, dizem que a criação de um market maker no mercado secundário de renda fixa será muito importante para ampliar de forma substancial os investimentos em títulos em projetos de longo prazo de infraestrutura e logística no Brasil.

Tudo o que sabemos sobre:
Anbimafundogoverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.