Aneel aprova desverticalização da Celesc

A diretoria da Agência Nacional e Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje o processo de separação das atividades de geração e de distribuição das Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc). Esse processo, conhecido como desverticalização, é uma exigência no novo modelo do setor elétrico, implantado em 2004.A conclusão do processo de desverticalização da Celesc estourou o prazo estabelecido pela agência para 30 de junho. Mesmo assim, apesar de a Aneel ter aprovado agora a desverticalização, continuará correndo o processo administrativo contra a Celesc pelo atraso.A operação proposta pela Celesc e aprovada pela Aneel prevê a criação de duas subsidiárias: uma na área de distribuição e outra na de geração, sendo que a atual pessoa jurídica da Celesc passará a ser uma holding que controlará esses dois novos braços.Segundo a Aneel, quatro empresas ainda estão devendo a conclusão de seus processos de desverticalização. São elas: a Companhia Estadual de Energia Elétrica do Rio Grande do Sul (CEEE), a Companhia Energia Elétrica de Goiás (Celg), a mineira Cataguazes Leopoldina e a sergipana Energipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.