Aneel aprova reajuste médio de 10,79% para CPFL

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje um reajuste médio de 10,79% nas tarifas da CPFL Piratininga. Para os consumidores residenciais da distribuidora paulista, o aumento será de 6,96%, enquanto para as indústrias que compram energia da empresa, o aumento será de 14,08%.As novas tarifas começam a vigorar na próxima segunda-feira, dia 23. A CPFL Piratininga atende 1,2 milhão de unidades de consumo, em 26 municípios de São Paulo, principalmente na Baixada Santista e região do Oeste paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.