Aneel aprova redução de tarifa da CEEE

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje uma redução média de 8,24% nas tarifas da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), do Rio Grande do Sul. Para os consumidores residenciais, o desconto será de 9,39%, enquanto as indústrias pagarão 5,9% a menos pela energia. As novas tarifas começarão a valer a partir do dia 25 de outubro. A CEEE abastece cerca de 1,3 milhão de unidades de consumo em 72 municípios gaúchos, incluindo Porto Alegre.Segundo técnicos da Aneel, a redução das tarifas da CEEE foi determinada para que a empresa devolvesse aos seus consumidores cerca de R$ 113 milhões, relativos à parcela da Recomposição Tarifária Extraordinária (RTE), que a empresa cobrou indevidamente. A CEEE, assim como outras empresas distribuidoras de energia, assinou, após o racionamento de 2002, o chamado Acordo Geral do Setor Elétrico, que entre outras coisas previu a criação da RTE para repor perdas que as empresas tiveram com o racionamento, e por outros motivos.O acordo, entretanto, previa que, para poder receber a RTE, as empresas teriam de abrir mão de entrar na Justiça para buscar reposições dessas mesmas perdas. A CEEE, porém, descumpriu esse ponto e entrou na Justiça. Por isso, a Aneel determinou agora que a empresa devolva ao consumidor a RTE que cobrou indevidamente.

Agencia Estado,

17 de outubro de 2006 | 12h31

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.