Aneel autoriza Furnas a constituir recebíveis para captar R$ 704 mi

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou Furnas, subsidiária do grupo Eletrobrás, a constituir recebíveis até o limite de 8,1% de sua receita operacional anual em garantia para uma operação de financiamento de R$ 704 milhões. Os recursos serão utilizados para investimentos na concessão.De acordo com o despacho nº 144, publicado hoje no Diário Oficial da União, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entrará com R$ 390 milhões na operação. Outros R$ 100 milhões serão oriundos da controladora Eletrobrás e o restante (R$ 214 milhões) virá de instituições financeiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.