Aneel confirma multa de R$ 4,1 milhões à Copel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou hoje ter mantido a multa de cerca de R$ 4,1 milhões aplicada à Companhia Paranaense de Energia (Copel), em razão de descumprimento das metas dos indicadores que medem a duração e freqüência das interrupções de energia elétrica entre 2000 e 2002. A multa tinha sido aplicada em 2003 e corresponde a 0,1478% do faturamento anual da empresa. A Copel informou que não tinha sido notificada da decisão.De acordo com a Aneel, o descumprimento foi observado em 83 conjuntos de consumidores no ano de 2000, em 61 conjuntos no ano seguinte e em 155 em 2002. O número de unidades afetadas subiu de 360 mil em 2000 para quase 1,4 milhão em 2002. No recurso apresentado, a Copel citou com causas das interrupções: incidência de descargas atmosféricas, avaria de componentes da rede de distribuição, realização de obras de manutenção e de ampliação e atos de vandalismo. De acordo com a Aneel, a decisão esgota os recursos na área administrativa. A Copel atende 3,21 milhões de unidades consumidoras em 393 municípios paranaenses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.