Anglo American obtém do Ibama licença para mineroduto

Anglo American obtém do Ibama licença para mineroduto

Em nota a companhia informou que o primeiro embarque de minério de ferro está previsto para o final de 2014

MÔNICA CIARELLI, Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2014 | 12h49

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) concedeu a Anglo American a licença de operação para o mineroduto do Projeto Minas-Rio. Em nota a companhia informou que o projeto está em fase final de testes de comissionamento e que primeiro embarque de minério de ferro está previsto para o final de 2014. O projeto Minas-Rio terá capacidade de produção anual de 26,5 milhões de toneladas.

"A obtenção da LO do mineroduto é um marco muito importante rumo ao primeiro embarque de minério de ferro do Projeto Minas-Rio. Já temos a licença de operação do porto, concedida em maio, e aguardamos agora a licença de operação da mina e da planta de beneficiamento e a conversão definitiva da licença provisória de operação da linha de transmissão de energia elétrica de 230 kV", diz o diretor de RH, Assuntos Corporativos, Segurança e Desenvolvimento Sustentável da Unidade de Negócio Minério de Ferro Brasil da Anglo American, Pedro Borrego, em nota.

O Projeto Minas-Rio engloba uma mina de minério de ferro e planta de beneficiamento em Conceição do Mato Dentro e Alvorada de Minas em Minas Gerais; um mineroduto de 529 km de extensão e o terminal de minério de ferro do Porto de Açu, no qual a Anglo American é parceira da Prumo Logística com 50% de participação, localizado em São João da Barra, no Rio de Janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Anglo AmericanIbamamineroduto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.