Após abertura positiva em NY, Bovespa tem forte alta

Às 14h45, Bovespa avançava 2,70%, aos 64.857 pontos

Economia & Negócios,

09 de fevereiro de 2010 | 14h44

O dia na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começou permeado pela cautela, em alta moderada do principal índice de ações – o Ibovespa. Às 14h45, porém, a Bovespa já registrava alta de 2,70%, aos 64.857 pontos, após uma abertura positiva das bolsas em Nova York.

 

Por volta das 13 horas, entre as maiores altas do índice, estavam as aéreas TAM e Gol, com valorização de 5,11% e 4,51%, respectivamente No horário, apenas duas ações tinham queda: Souza Cruz (-0,96%) e Ultrapar (-0,57%).

 

As ações do Itaú Unibanco também tinham alta, após o banco ter anunciado um aumento do lucro líquido de R$ 3,2 bilhões, no quarto trimestre de 2009. As ações ordinárias tinham alta de 1,69% e as preferenciais, de 3,17%.

 

Em Nova York, Dow Jones avançava 1,20%; Nasdaq, 1%; e S&P 500, 1,05%. Investidor foram às compras após a reportagem do jornal Wall Street de que o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano), Ben Bernanke, começará a lançar a base para um aperto no crédito mais tarde em 2010.

 

(Texto modificado às 14h45)

Tudo o que sabemos sobre:
Bovespa, ações,

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.