Após acumular queda de 7,46%, Bovespa sobe com NY

Depois de acumular queda de 7,46% nos últimos quatro pregões, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) recupera hoje parte das perdas. De acordo com um operador, "a Bovespa está devolvendo o exagero", mas não está definindo a retomada da tendência de alta. O comportamento do capital estrangeiro vai ser o principal fiel da balança nos próximos dias. Na terça-feira passada, saíram R$ 565 milhões líquidos da bolsa paulista em capital externo. E, na quarta-feira, teriam saído mais R$ 395 milhões, segundo fonte do mercado de ações. Hoje, as bolsas em Nova York também ajudam na recuperação da Bovespa. Às 16h22, o índice Dow Jones subia 0,98%, o Nasdaq avançava 0,69% e o S&P 500 registrava alta de 0,78%. O risco Brasil, por sua vez, está caindo 8 pontos para 228 pontos-base. O movimento financeiro da bolsa paulista está em R$ 1,521 bilhão, projetando cerca de R$ 2 bilhões para o encerramento dos negócios. O Ibovespa, o principal índice da bolsa, sobe 2,17%, com 37.099 pontos, depois de ter registrado a máxima do dia com 37.129 pontos (+2,25%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.