Após forte queda, ações da TAM sobem 0,28% em NY

ADRs da companhia chegam a máxima de US$ 32,68; ; GOL recua 0,81% para US$ 29,45

Marcílio Souza, da Agência Estado,

19 de julho de 2007 | 11h28

Depois da forte queda de mais de 9% ontem, os ADRs da TAM recuperam parte da perda neste início de pregão em Nova York. Às 10h55 (de Brasília), os papéis da companhia aérea subiam 0,28%, para US$ 32,68, mas já atingiram a máxima de US$ 32,85 (+0,8%). Os papéis da GOL, por outro lado, seguem em baixa, de 0,81%, para US$ 29,45, bem menos acentuada que a de quarta. De maneira geral, o mercado abriu positivo para os papéis brasileiros, que são ajudados pelos ganhos do Ibovespa e dos principais índices de Nova York.  Embraer, na máxima, subia 1,33%, para US$ 48,65. Petrobras avançava 1,47%, para US$ 70,52, enquanto Vale ganhava 1,72%, cotada a US$ 52,09.

Tudo o que sabemos sobre:
TAMGOLADRBolsa de Nova York

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.