Após taxa de juros, mercado continua de olho em indicadores dos EUA

São Paulo, 21 de setembro - A previsão do mercado de que o banco central norte-americano manteria a taxa básica de juros dos Estados Unidos em 5,25% ao ano foi confirmada ontem, mas as preocupações com um possível "pouso forçado" da economia daquele país continua. Por isso, o mercado deve permanecer de olho nos indicadores dos EUA, como o índice de atividade industrial, que será divulgado hoje. No Brasil, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga a taxa de desemprego de agosto e o Conselho Monetário Nacional (CMN) realiza reunião mensal. EUA/Indústria - O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Chicago divulga às 11 horas (horário de Brasília) o índice de atividade industrial nacional de agosto. EUA/Antecedentes - Às 11 horas (horário de Brasília), a Conference Board divulga o índice dos indicadores antecedentes da economia referente a agosto. EUA/Desemprego - O Departamento do Trabalho dos EUA divulga às 9h30 (horário de Brasília) o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 16 de setembro. EUA/Gás - Às 11h30 (horário de Brasília), o Departamento de Energia dos EUA divulga o nível dos estoques de gás natural na semana até 16 de setembro. EUA/Indústria regional - Às 13 horas (horário de Brasília), o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Filadélfia divulga o índice de atividade industrial regional de setembro EUA/Moeda - O Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) divulga às 17h30 (horário de Brasília) os dados da oferta monetária na semana até 15 de setembro. IBGE/Desemprego - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h30 a taxa de desemprego de agosto. CMN/Reunião - O Conselho Monetário Nacional (CMN) realiza hoje sua reunião mensal. BC/Nota externa O Banco Central (BC) divulga às 9h30 a nota externa sobre a conta corrente de agosto e sobre o investimento estrangeiro de agosto.

Agencia Estado,

21 de setembro de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.