AFP
AFP

Apple já vale de US$ 700 bilhões, o equivalente a duas Microsoft

Gigante de tecnologia é a primeira empresa dos Estados Unidos alcançar este valor de mercado, e vale o dobro das três que aparecem em seguida no ranking

O Estado de S. Paulo

11 Fevereiro 2015 | 09h08

NOVA YORK - A Apple tornou-se ontem a primeira empresa dos Estados Unidos a fechar um pregão na bolsa de valores com valor de mercado superior a US$ 700 bilhões. 

As ações do fabricante do iPhone encerraram os negócios de terça-feira, 10, valendo US$ 122,02 em Nova York, garantindo à empresa um valor de mercado de US$ 710,7 bilhões.

Em novembro, a Apple chegou a ultrapassar a marca de US$ 700 bilhões, mas ainda não havia terminado uma sessão acima desse nível.


O valor de mercado da Apple representa quase o dobro do das três maiores empresas que a seguem no índice S&P 500. A ExxonMobil está em segundo lugar, com cerca de US$ 385 bilhões, seguida pela Berkshire Hathaway (US$ 370 bilhões) e pela Microsoft (US$ 349 bilhões), segundo a FactSet.

A Apple superou pela primeira vez a ExxonMobil em valor em agosto de 2011 e tem se mantido à frente da petrolífera desde agosto de 2013.

Em discurso durante conferência de tecnologia, em São Francisco, o executivo-chefe da Apple, Tim Cook, citou ontem o sucesso da Apple na China, onde as vendas da empresa tiveram alta anual de 70% no trimestre encerrado em dezembro. 

Em 2014, as vendas da Apple no gigante asiático totalizaram US$ 38 bilhões, ante US$ 1 bilhão cinco anos antes. (Dow Jones Newswires). 

Mais conteúdo sobre:
Apple

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.