Arcelor cancela assembléia de acionistas marcada para 21 de junho

A siderúrgica Arcelor, segunda maior do mundo em termos de produção, decidiu cancelar a assembléia de acionistas agendada para 21 de junho, citando negociações em andamento com a Mittal Steel.Os acionistas da Arcelor devem discutir a proposta de distribuição de 6,5 bilhões de euros aos acionistas (entre recompra de ações e dividendos), com a qual pretendem se desvencilhar da oferta hostil da Mittal. Se a oferta da Mittal não for bem-sucedida, a Arcelor diz que seu conselho de administração se "reserva o direito" de convocar uma assembléia extraordinária para votar a distribuição de dinheiro e ações.A Arcelor afirmou que o encontro também irá considerar a proposta do conselho de permitir que acionistas com mais de 1% de participação na companhia possam incluir esboço de resoluções na agenda de reuniões. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.