Arcelor e Mittal tentam conquistar investidores com publicidade

A Mittal Steel Co. e a Arcelor SA tentaram conquistar o apoio dos investidores da Arcelor com anúncios de página inteira nos principais jornais internacionais, se preparando para a rodada de assembléias extraordinárias que pode decidir o resultado da disputa.A Mittal, maior siderúrgica do mundo em termos de produção, ofereceu 22 bilhões de euros (US$ 28 bilhões) pela Arcelor, proposta que o grupo com sede em Luxemburgo tem rejeitado. Em vez disso, a Arcelor anunciou planos de fusão com a russa Severstal, avaliado em 13,3 bilhões de euros.Em um anúncio de duas páginas publicado hoje no Wall Street Journal Europe, a Arcelor exaltou os benefícios da fusão com Severstal. "É possível ir além da número 1 ?" pergunta a primeira página. "A Arcelor, maior siderúrgica do mundo, está se unindo com a Severstal para se tornar uma campeã global", afirma a segunda página. A Arcelor baseia a afirmação de que é a maior do mundo com dados de sua receita de 2005."Essa é uma fusão amigável com base na confiança, refletida no mesmo modelo industrial, os mesmos valores e padrão de governança corporativa", continua a Arcelor. A empresa conta aos acionistas que a fusão com a Severstal será apresentada em um futuro encontro com os acionistas.A Arcelor convocou uma assembléia extraordinária em 21 de junho, onde os acionistas irão votar a aprovação do programa de 5 bilhões de euros em recompra de ações. Há um segundo encontro, marcado para 28 de junho, no qual a fusão com a Severstal será aprovada a menos que 50% dos acionistas da Arcelor votem contra o acordo.No entanto, a Arcelor está enfrentando um movimento de resistência entre seus acionistas. Na semana passada, representantes desses acionistas escreveram uma carta para a companhia pedindo a convocação de uma assembléia extraordinária para que seja alterada a forma como o acordo com a Severstal será votado.Em anúncio publicado no Wall Street Journal Europe e no Financial Times (FT), a Mittal afirma acreditar que os acionistas da Arcelor não estão sendo efetivamente ouvidos sobre a questão da fusão do grupo. As informações são da agência Dow Jones.

Agencia Estado,

08 de junho de 2006 | 11h30

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.