Assembleia aprova aumento de capital da Cielo para R$ 263,8 milhões

AGE aprovou também o grupamento de ações da companhia, na proporção de três ações para cada ação, com base na posição acionária de 4 de maio de 2011

Agência Estado ,

29 de abril de 2011 | 16h04

A Cielo informou hoje que, em assembleia geral extraordinária (AGE) realizada hoje, os acionistas da companhia aprovaram o aumento do capital social da companhia de R$ 100 milhões para R$ 263.834.773,86, mediante capitalização de reservas, com a emissão de 272.956.760 novas ações ordinárias. Conforme o fato relevante, os acionistas receberão, gratuitamente, a título de bonificação, uma nova ação ordinária para cada lote de cinco ações ON de que forem titulares na posição final de hoje. A partir de 2 de maio, as ações da empresa serão negociadas "ex-direito" à bonificação.

A companhia comunicou ainda que o benefício da bonificação será estendido simultaneamente e na mesma proporção aos American Depositary Receipts (ADRs), negociados no Mercado de Balcão Norte-Americano (OTC).

O custo unitário atribuído às ações bonificadas foi de R$ 0,60. As ações oriundas da bonificação serão incluídas na posição dos acionistas até o dia 4 de maio de 2011. A bonificação será feita sempre em números inteiros, de forma que as sobras decorrentes das frações de ações serão vendidas na BM&FBovespa e o valor líquido apurado será disponibilizado aos acionistas detentores das frações.

Grupamento

A AGE aprovou também o grupamento de ações da companhia, na proporção de três ações para cada ação, com base na posição acionária de 4 de maio de 2011. Segundo a Cielo, em razão do grupamento, o número total de ações emitidas pela companhia passará de 1.637.740.560 para 545.913.520.

Além disso, no período compreendido entre 30 de abril de 2011 e 29 de maio de 2011, mediante negociação privada ou através de sociedades corretoras de sua livre escolha, autorizadas a operar pela BM&FBovespa, os acionistas poderão, a seu livre critério, ajustar suas posições acionárias, de modo que a totalidade de suas ações não gere frações após o processo de grupamento. Transcorrido o período de ajuste, o leilão das frações dos acionistas que não se ajustaram em múltiplos de três ações será realizado na BM&FBovespa.

Tudo o que sabemos sobre:
Cieloassembleiaações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.