Assembléia do Rio vai abrir CPI sobre venda da Varig

A Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai instalar na sexta-feira a CPI da Varig. O objetivo é apurar todo o processo que resultou na venda da Varig para a VarigLog, realizada em julho, pelo lance mínimo de US$ 20 milhões, mais obrigações de US$ 485 milhões. A CPI será presidida pelo deputado Paulo Ramos (PDT) e terá duração de 60 dias, prorrogáveis por mais 90 dias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.