Ata do Copom confirma espaço para queda de juros

O espaço para juros menores no futuro continuará a se consolidar de forma natural como conseqüência da melhora de percepção do risco macroeconômico que vem sendo observada nos últimos anos. É o que afirma a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), divulgada hoje de manhã pelo Banco Central (BC). Para os integrantes do Copom, a convergência ininterrupta da inflação para a trajetória de metas e a resultante consolidação do cenário de estabilidade macroeconômica duradoura contribuirão para a manutenção desse processo de melhora do risco. "O Copom avalia que a atuação cautelosa da política monetária tem sido fundamental para aumentar a probabilidade de convergência da inflação para a trajetória de metas", disse o documento. Na avaliação do Copom, para que essa maior probabilidade de convergência da inflação continue se traduzindo em resultados efetivos é preciso que os indicadores "prospectivos" de inflação sigam apresentando elementos compatíveis com o cenário benigno que vem acontecendo nos últimos meses. Os membros do Copom destacam que a flexibilização gradual da política monetária não comprometerá as importantes conquistas obtidas no combate à inflação e na preservação do crescimento econômico, com geração de empregos e aumento da renda real.

Agencia Estado,

26 de janeiro de 2006 | 10h39

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.