Aumenta preço de seguro da dívida de bancos europeus

O custo do seguro da dívida de bancos da Europa subiu levemente após a Standard & Poor's rebaixar 37 bancos e os investidores continuam a centrar foco na crise da dívida soberana.

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

30 de novembro de 2011 | 07h56

O custo do seguro da dívida de bancos da Europa contra default subiu levemente após a Standard & Poor''s rebaixar 37 bancos, embora os volumes de negociação estejam baixos enquanto os investidores continuam a centrar foco na crise da dívida soberana. Por volta das 6h45 (de Brasília), os índices iTraxx Senior e Subordinated Financials, que englobam 25 instituições financeiras, subiam três pontos-base e quatro pontos-base, para 336/340 pontos-base e 580/589 pontos-base, respectivamente, de acordo com a Markit.

Os rebaixamentos da S&P incluíram as seis maiores instituições financeiras dos EUA e ocorreram um dia após a Moody''s afirmar que revisará os ratings das dívidas júnior e subordinada no setor para refletir as chances menores de os governos fornecerem suporte, se os bancos falirem.

No entanto, o mercado está atordoado com a enxurrada de manchetes sobre a crise da dívida soberana, disse um operador. "O anúncio da S&P não movimentou muito o mercado, visto que os bancos europeus não foram realmente afetados", acrescentou. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
segurobancos europeusdívida

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.