Aumento na tarifa de importação na Índia derruba ouro

Os contratos futuros do ouro encerraram a sessão desta terça-feira, 13, em queda, afetados pela decisão do governo da Índia, o maior consumidor de ouro do mundo, de aumentar as tarifas de importações de metais preciosos, e pela alta do dólar.

Agencia Estado

13 de agosto de 2013 | 15h33

O contrato do ouro para dezembro caiu 0,94%, para US$ 1.320,50 a onça-troy, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

O Ministério das Finanças da Índia elevou a tarifa de importações do ouro e da prata para 10%, à medida que as autoridades intensificaram os esforços para conter o crescente déficit em conta corrente do país. A Índia representa cerca de 30% da demanda de joias, moedas e barras de ouro.

"Não há dúvida de que os controles no ouro indiano estão definitivamente prejudicando a demanda...isso é o tipo de reação instintiva no mercado hoje", disse o corretor de metais preciosos da Marex Spectron Graham Leighton.

A medida marcou o quinto aumento nas taxas de importação de ouro em um ano e meio. Os esforços do governo ocorrem antes da temporada de casamento Hindu, que tem seu auge no festival Diwali em novembro e registra um aumento das compras de ouro devido aos tradicionais presentes de casamento. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.