Fabio Motta/Estadão
Fabio Motta/Estadão

Avianca: demanda durante Copa foi pior do que esperado

A demanda por voos durante a Copa foi pior do que a esperada, afirmou o presidente da Avianca, José Efromovich. Ele não revelou de quanto foi a queda do tráfego aéreo durante a competição, mas indicou que inicialmente se trabalhava com uma redução da ordem de 15%. "Em mais 20 a 30 dias, devemos ter um número mais definido", disse.

LUCIANA COLLET, Agência Estado

10 de julho de 2014 | 16h29

Questionado sobre as perspectivas para o segundo semestre de 2014, ele disse esperar um desempenho melhor que nos primeiros seis meses do ano. O presidente Comercial da companhia, Tarcísio Gargioni, lembrou que o semestre quase não terá feriados, que acabam resultando em menor volume de viagens.

Tudo o que sabemos sobre:
AviancaCopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.