BAE contrata banco Rothschild para avaliar participação na Airbus

A britânica BAE Systems confirmou a contratação do banco de investimentos N.M. Rothschild & Sons Ltd. para avaliar a participação de 20% que possui na fabricante de aviões européia Airbus. A empresa exerceu a opção de venda de sua participação, forçando a European Aeronautic Defence & Space Co.(EADS, que possui 80% da Airbus) a comprá-la.O Rothschild foi nomeado pelos bancos que representam a BAE e a EADS para avaliar o caso de forma independente, já que as duas partes não chegaram a um consenso. Pela agenda acertada entre os dois grupos, o Rothschild tem até 2 de julho para finalizar o acordo. Analistas estimam que a BAE vai pedir pelo menos 3 bilhões de libras esterlinas por sua parte na Airbus, apesar de o anúncio de atrasos nas entregas do A380 ter atingido recentemente o valor da fabricante de aviões.O Merrill Lynch & Co. atua em nome da EADS, enquanto o Goldman Sachs e o Gleacher Shacklock são os consultores da BAE para as negociações. Com a venda, a companhia pretende concentrar seus negócios em atividades do setor de defesa, com aquisições nos EUA. As informações são da agência Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.