Banco do Japão mantém a taxa de juros em 0,50%

O Banco do Japão (BoJ, o banco central do país) decidiu manter as taxas de juros em 0,50% ao ano, ao fim de uma reunião de dois dias do seu comitê monetário, em Tóquio. Os nove membros desse comitê tomaram a decisão por unanimidade. Os operadores no mercado de Tóquio já previam que o BOJ não alteraria a taxa de juros. Ela subiu 0,25 ponto em 21 de fevereiro. A decisão se baseou no bom funcionamento da economia japonesa entre outubro e dezembro de 2006, com um crescimento anualizado de 4,8%, posteriormente revisado para 5,1%. O Banco do Japão decidiu em julho de 2006 terminar com quase seis anos de juros quase nulos. A medida teve como objetivo apoiar a economia japonesa, pondo à disposição dos bancos grandes doses de Liquidez. A próxima reunião do comitê monetário do BoJ será dias 9 e 10 de abril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.