Banco Espírito Santo adia publicação dos resultados semestrais

Em meio a crise financeira, BES não justificou motivo do adiamento

Reuters

22 de julho de 2014 | 09h37

O português Banco Espírito Santo (BES) postergou a divulgação de seus resultados do primeiro semestre de 25 de julho para 30 de julho, informou o maior banco listado do país em comunicado nesta terça-feira, sem dar mais explicações.

Os principais acionistas do BES - a família Espírito Santo, que fundou a instituição há mais de um século - estão sob intenso escrutínio de investidores e órgãos reguladores após uma auditoria encontrar irregularidades materiais em uma das holdings da família.

O banco disse que está isolado dos problemas da família, mas espera-se que, com o anúncio dos resultados, enfrente questionamentos acerca da sua exposição à dívida das holdings da família e outras obrigações.

As ações do BES perderam cerca de 60% de seu valor no último mês.

Tudo o que sabemos sobre:
PortugalBES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.