Banco Mundial libera US$ 58,4 milhões para projetos no Brasil

Empréstimo melhorará a distribuição de água no Rio Grande do Norte e a situação das populações rurais do País

Efe,

19 de setembro de 2007 | 12h16

O Banco Mundial anunciou na terça-feira, 18, que emprestará ao Brasil US$ 58,4 milhões para melhorar a distribuição de água no Rio Grande do Norte e a situação das populações rurais do país. Um primeiro empréstimo, no valor de US$ 35,9 milhões, financiará um sistema de administração de serviços hidráulicos integrados no Rio Grande do Norte. Além disso, ajudará na preparação de uma estratégia para o setor e de um programa de investimentos a longo prazo para melhorar o fornecimento e a administração dos serviços de água potável. Um outro empréstimo, de US$ 22,5 milhões, vai financiar um projeto para melhorar o emprego e a renda de setores rurais indigentes, por meio de um maior acesso a infra-estruturas básicas, serviços e atividades produtivas, disse o órgão financeiro regional. O dinheiro também ajudará as comunidades rurais a se organizarem melhor e a promoverem projetos para benefício próprio. Os dois empréstimos terão que ser pagos em 17 anos.

Tudo o que sabemos sobre:
Banco Mundial

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.