Banco rebaixa recomendação de compra para ações da Weg

O banco de investimentos Merrill Lynch rebaixou a recomendação para as ações preferenciais (PN) da fabricante de motores elétricos Weg, de compra para neutra. Em relatório, o analista Alexandre Falcão afirma que, embora a companhia tenha boas perspectivas de expansão e lucratividade, "a valorização dos papéis está perto de um nível que, acreditamos, reflete o crescimento e o retorno que esperamos para a Weg nos próximos anos". De acordo com o Merrill Lynch, boa parte do potencial de alta já está embutido no preço da ação. O banco lembra que o papel PN da Weg já subiu mais de 14% em 2007, ante valorização de 3,33% do Ibovespa - o principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). Contudo, o Merrill ressalta que as estimativas para a companhia permanecem "brilhantes". "A Weg deve continuar entregando 30% de rentabilidade sobre o patrimônio (ROE) nos próximos 30 anos, com perspectivas de crescimento de dois dígitos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.