Bancos voltam a subir na Bovespa com capital externo

O setor bancário voltou a subir hoje, com destaque para Unibanco, que tinha, por volta das 13 horas, a maior alta do índice Bovespa (Ibovespa), 4,36%. Segundo especialistas, o fluxo de recursos estrangeiros para a Bolsa hoje beneficia o setor, que é normalmente um canal de entrada para esses investidores no mercado brasileiro. ?E Unibanco e Bradesco são sempre procurados por estrangeiros devido à forte liquidez dos ADRs (recibos de ações negociados nos EUA)?, lembrou Maria Laura Pessoa, da Fator Corretora. O Unibanco também é o papel do setor mais atrasado em valorização. Com a alta de hoje, acumula ganho de 13% no ano, contra 19% do Itaú, 27% do Banco do Brasil e 29% da Nossa Caixa. A alta do Unibanco só é maior que a do Bradesco (7%), que registra desempenho mais modesto em 2006 por ter apresentado a melhor performance entre as instituições financeiras no ano passado. Para o analista José Cataldo, da ABN Amro Real Corretora, os investidores aproveitam o grande potencial de valorização do Unibanco para colocá-lo em carteira nesta semana. O ABN e a Fator recomendam compra do papel. A elevação da nota do Brasil pela agência de classificação de risco Moody´s ontem, de "Ba2" para "Ba1", também favorece o setor financeiro, que tem o risco sempre muito relacionado ao do governo. A avaliação de que ainda há espaço para a consolidação bancária é outro fator que freqüentemente impulsiona as ações. Nenhum rumor novo, porém, parece circular pelo mercado.

Agencia Estado,

01 de setembro de 2006 | 13h08

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.