Bank of America venderá participação no Itaú

Participação em ações PN e ON somam o equivalente a R$ 8,2 bi

Vinícius Pinheiro, da Agência Estado,

18 de maio de 2010 | 19h23

O Bank of America (BofA) venderá a participação de 8,4% das ações preferenciais e 2,5% das ordinárias que detém no Itaú Unibanco. Com base na cotação de fechamento dos papéis hoje na BM&FBovespa, a participação da instituição norte-americana no maior banco privado brasileiro vale R$ 8,161 bilhões.

A venda da participação das ações preferenciais, que o BofA detém na forma de recibos de ações negociados em Nova York (ADS), ocorrerá por meio de uma oferta secundária de ADS de circulação restrita e destinada a investidores qualificados. A operação não será registrada na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) nem na Securities and Exchange Commission (SEC), responsável pela regulação do mercado de capitais norte-americano.

A participação do BofA em ações ON será vendida diretamente para a Itaúsa, que elevará a participação direta e indireta no capital do Itaú Unibanco de 35,43% para 36,68%. O preço de aquisição de cada ação ON corresponderá ao preço do ADS que será definido na oferta que o BofA fará no exterior pelos papéis PN.

Para financiar a aquisição, a Itaúsa fará uma emissão de debêntures simples no valor total de R$ 1,4 bilhão. Essa oferta será destinada exclusivamente a investidores qualificados e nos termos da instrução CVM 476 (com esforços restritos).

Com a efetivação das transações, deixarão de vigorar os direitos do BofA de indicação de um membro do conselho de administração do Itaú Unibanco e de venda conjunta (tag along) em uma eventual transferência de controle do Itaú Unibanco, informou a instituição, em fato relevante divulgado há pouco.

Tudo o que sabemos sobre:
açõesbolsaBofAItaúItausa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.