BB estuda aumento de capital entre R$ 8 bilhões e R$ 10 bilhões

O Banco do Brasil (BB) anunciou nesta manhã que está finalizando estudos para aumentar seu capital social em no mínimo R$ 8 bilhões e no máximo R$ 10 bilhões. O objetivo, segundo comunicado ao mercado, é "sustentar o crescimento futuro da instituição financeira, preservado o controle acionário da União."

AGÊNCIA ESTADO,

28 Janeiro 2010 | 11h50

 

Nesse sentido, o banco explica que o Tesouro Nacional e o BNDESPar estão concluindo levantamentos para viabilizar o alcance do porcentual mínimo de 25% de ações em circulação (free float), com a venda de pelo menos 5% das ações do banco.

 

Para tanto, pode ser realizada uma oferta primária de ações no mercado secundário. Mas o BB ressalta que o comunicado não deve ser considerado como anúncio de oferta de ações, a qual estará sujeita à aprovação dos acionistas em assembleia geral, da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e do Banco Central.

 

Mais conteúdo sobre:
bancosofertaBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.