BC aceita 10 propostas em leilão de dólar a R$ 2,166

O Banco Central aceitou dez propostas, pelo valor de R$ 2,166, no leilão de compra de dólar realizado às 12h15 no mercado à vista. A taxa de câmbio aceita pela autoridade monetária foi a menor proposta pelas instituições participantes. Na operação foram apresentadas 22 propostas com taxas que oscilavam entre R$ 2,166 e R$ 2,17 por dólar, informou um operador. Ontem, o BC retomou esses leilões, que não eram realizados desde 16 de maio, e aceitou apenas uma proposta à taxa de corte de R$ 2,16. Hoje o BC só aceitou as propostas de instituições que previam preço equivalente ao de mercado. No mercado de dólar à vista, onde as operações são efetivadas por telefone, a moeda era negociada a R$ 2,166, em queda de 0,64%. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), a cotação era de R$ 2,164 (-0,73%). Segundo um operador, a liquidez está bem mais fraca do que o normal devido ao feriado do Dia da Independência nos Estados Unidos, mas o dia conta também com fluxo comercial positivo. No pregão viva-voz da BM&F, até as 12h30, eram registrados apenas 28 negócios, com giro de cerca de US$ 210 milhões para as operações com liquidação financeira em dois dias úteis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.