BC da Rússia corta taxa de juros pela 14ª vez em 12 meses

O banco central da Rússia reduziu as taxas de juros básicas pela 14ª vez seguida em pouco mais de um ano, dizendo que a recuperação econômica do país e o nascente crescimento dos empréstimos bancários não têm resiliência.

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de maio de 2010 | 11h44

O Banco da Rússia cortou a taxa de refinanciamento em 0,25 ponto porcentual, para o nível mínimo recorde de 7,75%, de 8%, com efeito a partir de 1º de junho. A maior parte das outras taxas também foi reduzida, embora a taxa de depósito overnight tenha sido mantida em 2,5%, como informou o banco central russo em um comunicado.

As taxas provavelmente permanecerão constantes por vários meses, de acordo com o banco central, que também observou que a volatilidade da taxa de câmbio do rublo em maio está em linha com a atual política monetária.

A recuperação da Rússia após sua mais profunda recessão em 15 anos não ajudou todos os setores industriais uniformemente. Os exportadores de commodities têm anunciado aumento nos lucros, enquanto outros setores importantes, como o manufatureiro, continuam com dificuldades. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Rússiajurosrublo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.