BC do Chile reduz taxa básica de juros a 3,5%

O Banco Central do Chile decidiu na quinta-feira reduzir sua taxa básica de juros em 0,25 ponto porcentual, a 3,5%, com o objetivo de estimular o crescimento econômico do país.

Estadão Conteúdo

15 de agosto de 2014 | 09h01

A maioria dos economistas previa um corte da taxa diante de indicadores que mostraram o enfraquecimento do Produto Interno Bruto (PIB) chileno, em meio a uma queda nas exportações, redução da demanda pelos consumidores e menor atividade manufatureira. Desde outubro do ano passado, a taxa básica já foi reduzida em 1,5 ponto porcentual.

Em comunicado, o BC chileno comentou que a expansão da atividade econômica e da demanda vem diminuindo em ritmo mais intenso do que o esperado. A instituição prevê que o PIB do Chile crescerá entre 2,5% e 3,5% este ano, ante aumento de 4,1% em 2013. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ChileBCjurosredução

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.