B&M adia novamente cronograma da oferta de ações

A Brasil & Movimento (B&M), detentora da marca Sundown, Bike Fitness & Motos, adiou, pela segunda vez, o cronograma de sua oferta pública de ações. De acordo com o aviso divulgado hoje pela companhia, as modificações ocorreram diante de exigências adicionais da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Pelo novo cronograma, a companhia vai divulgar no próximo dia 5 novo prospecto preliminar da oferta. No dia 12, fechará o bookbuilding (processo de apuração do interesse dos investidores de acordo com o preço de colocação das ações). Os papéis deverão chegar à Bolsa paulista em 14 de junho. A liquidação financeira da operação está marcada para dia 19. No último dia 24, a B&M já havia alterado o cronograma de sua operação por conta das "incertezas e instabilidades identificadas nos últimos dias no mercado de ações". Inicialmente, os papéis da B&M deveriam ter ingressado na Bolsa paulista em 26 de maio. A oferta é pequena: prevê a distribuição de 8,744 milhões de ações ordinárias. Deste total, 1,8 milhão de papéis referem-se à colocação primária e 6,944 milhões à colocação secundária. A faixa de preço sugerida para a ação varia entre R$ 17,50 e R$ 22,50. Pelos valores fornecidos, a empresa deve captar, em média, R$ 175 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.