BM&FBovespa é destaque de queda na Bolsa

 Há pouco, a ação da empresa recuava 2,21%, ante valorização de 2,08% do Ibovespa

Beth Moreira, da Agência Estado,

27 de maio de 2010 | 11h03

 As ações da BM&FBovespa figuravam entre as maiores quedas do Ibovespa há instantes,

apesar da obtenção do rating grau de investimento pela agência Moody´s. Há pouco, a ação da empresa recuava 2,21%, ante valorização de 2,08% do Ibovespa.

 

A agência de classificação de risco Moody's Investors Service atribuiu rating de emissor em moeda local A1 em escala global e Aaa.br em escala nacional brasileira para a BM&FBovespa, com perspectiva estável. Segundo a classificação da Moody's, o rating A1 corresponde a grau de investimento.

 

O comportamento das ações na contramão da notícia positiva, afirmam operadores, pode ser explicado pelo fato de o papel devolver hoje os ganhos obtidos ontem, quando registrou forte alta de 11,11%. Segundo operadores, somente o JP Morgan comprou 23 milhões do papel na véspera da notícia do grau de investimento, o que acabou tendo forte impacto na cotação. Também houve um ajuste à nova composição do MSCI (índice de ações do Morgan Stanley que é usado como referência por vários investidores), que vigora a partir de hoje.

Tudo o que sabemos sobre:
bm&fBovespabolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.