BNDES aprova financiamento de R$ 161 milhões para Elektro

O BNDES aprovou financiamento no valor de R$ 161 milhões para a Elektro Eletricidade e Serviços. Segundo nota divulgada pelo banco, o crédito é destinado à implantação do projeto de investimentos em expansão e modernização no sistema de distribuição de energia elétrica da empresa, que atua em 223 municípios de São Paulo e mais cinco em Mato Grosso do Sul.Os investimentos totais da Elektro, ainda segundo o BNDES, serão de R$ 406 milhões, sendo R$ 225 milhões com recursos próprios. O projeto tem como objetivo, segundo o banco, atender ao crescimento do consumo de energia e ao aumento da base de clientes, bem como adaptar-se aos indicadores de qualidade determinados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo Operador Nacional do Sistema (ONS).De acordo com o BNDES, o plano de investimentos da Elektro está dividido em cinco subprojetos - preservação do negócio, melhorias, expansão, suporte operacional e projetos regulatórios - e prevê a criação de 1.620 empregos indiretos na fase de implantação, que levará cerca de dois anos.O crédito do BNDES para a Elektro foi aprovado na modalidade indireta, com participação de quatro agentes financeiros: Unibanco, Itaú-BBA, Votorantim e Bradesco.

Agencia Estado,

16 de outubro de 2006 | 15h34

Tudo o que sabemos sobre:
empresas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.