BNDES cria programa de suporte a micro e pequenas empresas

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou a criação de um programa especial para dar suporte a micro e pequenas empresas, com a criação do Programa Capital Semente (Criatec). O programa terá orçamento de R$ 80 milhões e tem como foco negócios voltados para Tecnologia da Informação, Biotecnologia, Novos Materiais, Mecânica de Precisão, Nanotecnologia e Agronegócios.Segundo nota do banco estatal de fomento, o Criatec prevê um período de investimento de quatro anos e deverá beneficiar até 60 micro e pequenas empresas, com investimento médio entre R$ 500 mil e R$ 1 milhão para cada uma. As empresas a serem investidas precisarão ter faturamento máximo de R$ 6 milhões e os investimentos serão feitos através de um fundo mútuo de investimento fechado, cujas cotas poderão ser subscritas por, além da BNDESpar, outros parceiros interessados em aderir ao Programa, como a FINEP.Esse fundo será gerido por um gestor privado, a ser escolhido ainda no primeiro trimestre do ano em curso. Serão escolhidos entre seis e oito gestores privados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.